Lingues :   Português Español English Français

Contactez-nous  Fale conosco  - Quem somos? 
Estadas e excursões em Natal e no Rio Grande do Norte
  Accueil   Saiba mais   Visitas   Pacotes
Um clima excepcional
uma natureza de grande beleza

Venha visitar esse
        paraíso para o turismo
 Atrações   | Regiões   | Fotos   | Vídeos  








Recomendar: Recomendar no facebook Recomendar no twitter
Marés
Baixa
m
m
Alta
m
m


Notícias

25/11/2008 Info - Urbanização da Via Costeira tem previsão para ser concluída em 8 meses
O Governo do Estado iniciou nesta segunda-feira (24) as obras de alargamento e urbanização da Via Costeira, onde se concentram os principais hotéis da capital. O projeto está orçado em R$ 8 milhões e tem previsão de ser concluído em oito meses, com recursos próprios. Serão implantadas duas pistas de rolamento com sete metros cada uma – sendo duas faixas em cada mão, com 3,5 metros – separadas por um canteiro de 1,2 metro de largura com iluminação central.

O projeto também prevê a construção de um passeio misto no lado dos hotéis, medindo 4,5 metros, sendo 2 metros para pedestres e 2,5 metros para ciclistas. Segundo o diretor geral do Departamento Estadual de Estrada e Rodagem (DER), Jáder Torres, responsável pela obra, paralelamente à obra de adequação viária o Idema está substituindo a cerca que protege o Parque das Dunas e a Secretaria Estadual de Infra-Estrutura vai providenciar a licitação da nova iluminação.
Ele também informou que ao longo dos 9 Km da via serão construído, numa etapa posterior, 15 acessos de descida à praia. A nova Via Costeira contará ainda, na sua extensão, com oito rótulas de retorno e duas de cruzamento - em Mãe Luíza e no Centro de Convenções. As rótulas e o canteiro central serão arborizados, mas o projeto paisagístico ainda está em estudo.

Rodovias - Além dessa obra, o governo vai investir mais de R$ 250 milhões até 2010 para melhorar a malha viária estadual, construindo e reconstruindo estradas. No início do mês, durante reunião com o secretariado, a governadora Wilma de Faria cobrou agilidade na execução de obras de implantação e reconstrução de rodovias. Wilma quer destravar processos burocráticos que diminuem o ritmo de andamento de obras como as do programa Pró-Transporte, importantíssima para melhorar a infra-estrutura de transporte da zona Norte de Natal, com investimentos de R$ 72,8 milhões.

Dentro do Pró-Transporte estão em andamento as obras de implantação do viaduto da avenida das Fronteiras, porém sua conclusão depende da liberação por parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) da licença de remoção das árvores existentes no local. O prolongamento da Moema Tinoco até a BR 101 também depende de liberação de licença ambiental pela Semurb. Já as intervenções nas avenidas Conselheiro Tristão e Moema Tinoco dependem das conclusões dos processos de desapropriações por parte da Prefeitura de Natal.
De acordo com o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), muitas obras do Programa de Implantação e Reconstrução de Rodovias estão fase de conclusão, como o trecho de 18 quilômetros da RN 093 entre Tangará e Sítio Novo o de 21 quilômetros da RN 405 entre os entroncamentos das BRs 304 e 110 de 9,3 quilômetros entre o entroncamento da BR 405 e o município de Água Nova e o trecho de 18 quilômetros da RN 117 entre o entroncamento da RN 079 e a cidade de Tenente Ananias.

Entre os trechos que serão implantados está a chamada Estrada do Melão, que vai interligar municípios da região Oeste facilitando principalmente o escoamento de frutas e está com 40% dos serviços executados.


Fonte: RN Governo - Notíciais - 24/11/2008


<< Volta

Copyright�2008 BrasilRN D�vidas / Newsletter I Links Anuncie no BrasilRN / Seu servi�o gr�tis Fotos de Y.Masset